Motor 1.2 ficará restrito a versão topo de linha Premier. Tracker 1.0 Turbo será ofertado em quatro versões com a chegada das opções LTZ e Premier
Tracker 10 LTZ
Foto | Chevrolet/Divulgação

As primeiras unidades do Chevrolet Tracker LTZ e Premier com motor 1.0 Turbo começam a chegar as revendas entre o fim de outubro e começo de novembro. Antecipadas pelo Autos Segredos, a LTZ terá valor sugerido de R$ 105.490 e a Premier sair por R$ 114.590.

Apesar da troca de motor, a versão 1.0 LTZ é apenas R$ 1 mil mais barata que a antiga 1.2 que deixou de ser ofertada. Já a diferença de preço da Premier 1.0 para a 1.2 é de R$ 5 mil, mas a opção mais forte é equipada com teto solar.

Motor

Os Tracker 1.0 Turbo LTZ e Premier serão equipados com o motor que rende potência de 116 cv a 5.500 rpm não importando se é etanol ou gasolina. Já o torque é de 16,3 kgfm a 2.000 rpm gasolina e de 16,8 kgfm também a 2.000 rpm. A transmissão será a automática de seis marchas.

LEIA TAMBÉM:

De série

O Tracker 1.0 LTZ vem equipado com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), alarme anti-furto, assistente de partida em aclive, controle de estabilidade e tração, faróis e lanterna de neblina, indicador de nível de vida de óleo, luz de condução diurna, regulagem de altura dos faróis, sistema de fixação de cadeiras para crianças (“Isofix”) e (“Top Tether”), sistema de freios com ABS e sistema de distribuição de frenagem (“EBD”), maçanetas internas na cor prata, ar-condicionado, coluna de direção com regulagem em altura e profundidade, computador de bordo com informações de viagem, do veículo e consumo, direção elétrica progressiva, trava elétrica das portas com acionamento na chave, vidro elétrico nas portas com acionamento por “um toque”, anti esmagamento e fechamento/abertura automática pela chave, cobertura do porta-malas, banco traseiro bipartido e rebatível, Chevrolet MyLink, com Tela LCD sensível ao toque de 8″, integração com smartphones através do Android Auto e Apple CarPlay, Rádio AM/FM, Função Audio Streaming, Bluetooth para até 2 celulares simultaneamente e Entrada USB / Entrada USB dupla para o banco traseiro, painel de Instrumentos 3,5” digital TFT, conjunto de alto falantes – 6 unidades,  OnStar + Conectividade Chevrolet + Wi-Fi, controlador de velocidade de cruzeiro, sistema Stop/Start (desligamento e partida do motor automático em paradas do veículo). Inclui botão para desabilitar o sistema, sensor de estacionamento traseiro, grade frontal com detalhes cromados, maçanetas externas na cor do veículo, raack de teto na cor prata, câmera de ré, Easy Entry – Abertura das portas e alarme anti-furto através de sensor de aproximação na chave e Easy Start – Partida sem chave.

Ainda fazem parte dos itens de série alerta de Ponto Cego, roda de alumínio aro 17”, sensor Crepuscular, sensor de chuva com ajuste automático de intensidade, volante esportivo com revestimento premium e controles de rádio e do celular, bancos híbridos (tecido e revestimento premium) e spelhos retrovisores externos elétricos na cor do veículo.

Já a versão Premier conta com todos os equipamentos do Tracker 1.0 LTZ e agrega sensor de estacionamento dianteiro, lateral e traseiro, painel de Instrumentos 3,5” digital TFT Colorido, alerta de colisão frontal, faróis dianteiros tipo projetor e Lanterna Traseira em LED, friso cromado dos vidros laterais, maçanetas internas cromadas, ar-condicionado digital, carregador Wireless*, Easy Park – Sistema de Estacionamento Automático, espelho retrovisor interno eletrocrômico, frenagem automática de emergência em baixa velocidade e bancos com revestimento premium.

Tracker 1.0 Premier
Foto | Chevrolet/Divulgação

Cores

As novas opções do Chevrolet Tracker com motor 1.0 Turbo são ofertada nas cores Azul Eclipse sem custo extra, Branco Summit (R$ 750), Cinza Satin Steel, Prata Switchblade, Preto Ouro Negro e Vermelhor Chili por R$ 1.600 adicionais.

O post Com motor 1.0 Turbo, Tracker LTZ custa R$ 105.490 e Premier sai por R$ 114.590 apareceu primeiro em Autos Segredos.