Com nova geração prevista para o próximo ano, Honda City 2021 chega ao mercado ainda sem ofertar os importantes controles de estabilidade e tração. Preços partem de R$ 67.800

A Honda anuncia a chegada do City 2021 com preços entre R$ 68.700 para a versão DX e R$ 93.100 para a topo de linha EXL. Sedã compacto japonês segue sem ofertar controles de tração e estabilidade. Em 2021, o sedã compacto ganhará nova geração.

Preços Honda City 2021

  • DX – R$ 67.800
  • Personal – R$ 68.190
  • LX – R$ 82.100
  • EX – R$ 87.400
  • EXL – R$ 93.100

Novidades

Segundo a Honda, todas as versões do City 2021 passam a vir de série com faróis com regulagem elétrica de altura e sensor crepuscular, para acendimento automático dos faróis.

Já a versão EXL recebeu retrovisor interno fotocrômico. Tanto a EXL como a EX ganham bolsa porta-revistas atrás do banco do motorista, item já existente no banco do passageiro.

O Honda City LX 2021 ganha nova central multimídia de 7″ com conectividade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, que permite a operação intuitiva de mapas do sistema de navegação do Waze e Google Maps, além da reprodução de músicas via Bluetooth, por dispositivos portáteis, ou de serviços de streaming (via conexões Bluetooth, Android Auto ou Apple CarPlay). Também ganha o sistema HFT (Hands Free Telephone) com a função Voice Tag (Reconhecimento de Voz) no volante, que permite atender e realizar chamadas, reproduzir músicas, entre outras funcionalidades.

Ainda segundo a marca japonesa, o sistema multimídia oferece a visualização da câmera de ré com três ângulos de visão e indicação de distância por cores, além de diversas possiblidades de regulagem de áudio, permitindo uma equalização adequada para cada estilo musical. Também foram adicionados quatro tweeters para complementar o sistema sonoro.

Já as versões LX, Personal e DX passam a oferecer bolsa porta-revistas atrás do banco do passageiro.

De série

Desde a versão de entrada, o City 2021 conta com ar-condicionado (manual nas versões DX, Personal e LX, e digital touchscreen na EX e EXL); sistema de som com Bluetooth e entrada USB; direção elétrica EPS; acionamento elétrico para travas das portas e vidros das quatro portas; volante com ajuste de altura e profundidade e chave do tipo canivete com sistema de travamento e destravamento das portas com imobilizador, dentre diversos outros equipamentos.

Motor

O Honda City 2021 mantém o motor 1.5 i-VTEC FlexOne. Com etanol, esse propulsor gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque a 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m a 4.800 rpm.

Na versão de entrada DX, o motor é ligado ao câmbio manual de cinco velocidades. Já nas versões Personal, LX, EX e EXL o propulsor trabalha em conjunto com a transmissão CVT com conversor de torque. Nas opções EX e EXL possuem ainda simulação de sete marchas por meio dos paddle shifts no volante

Segurança

Além dos dois airbags frontais, de série em todas as versões, a EX traz ainda dois airbags do tipo laterais. A EXL, por sua vez, possui também as bolsas infláveis laterais do tipo cortina, totalizando seis airbags. Todas as versões do City trazem, de série, freios ABS com EBD, cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes e sistema ISOFIX de fixação de cadeirinha infantil.

Cores

Todas as versões trazem as seguintes opções de cores: Branco Tafetá (sólida), Azul Boreal, Prata Platinum e Cinza Barium (metálicas), Branco Estelar e Preto Cristal (perolizadas).

Garantia

O Honda City 2021 conta com três anos de garantia, sem limite de quilometragem.

O post Perto do fim, Honda City chega a linha 2021 sem controle de estabilidade apareceu primeiro em Autos Segredos.