Nissan Kicks 2022

Após cinco anos bem vividos no Brasil, o Nissan Kicks está de cara nova. A partir de março, o SUV compacto produzido em Resende, no Rio de Janeiro, estará renovado nas concessionárias de todo país. As mudanças seguem a atualização feita no exterior, que altera principalmente o design frontal do modelo. Mas a marca japonesa aproveitou para adicionar tecnologias.

Agora, o Kicks avisa se houver um veículo próximo em uma conversão, e também se o SUV sair involuntariamente da pista. Estes são dois dos recursos que o utilitário passa a ter com a reestilização: os alertas de ponto cego e de saída involuntária de faixa. Outra novidade é o alerta de tráfego cruzado, que detecta objetos – estáticos e em movimento – nas manobras de ré.

Nissan Kicks 2022
Nissan/Divulgação

E não é só. O anterior Kicks já dispunha (na versão mais cara) do sofisticado assistente inteligente de frenagem. O SUV freia sozinho se entender que há risco iminente de colisão (sem reação do motorista). Pois a Nissan deslocou o radar do sistema para o escudo da grade frontal, e instalou uma câmera no alto do para-brisas, aprimorando a leitura do sistema, bem como as respostas.

Dessa maneira, o novo Kicks passa a ser um dos SUVs compactos com maior quantidade de tecnologias embarcadas. A linha 2022 também traz novos faróis Full LED, que enfim contam com iluminação diurna (DLR) e não só uma assinatura visual. Contudo, somente a versão topo de linha terá todas essas novidades. Os demais modelos incorporam o novo design e algumas melhorias.

Nissan Kicks 2022
Nissan/Divulgação

Desenho novo, mecânica velha

Um dos pontos altos da renovação do Kicks é o design. O SUV ganha a dianteira mais moderna da marca, com o duplo “V” unindo faróis, grade e para-choques. O conjunto ótico mais fino e em diagonal dá um toque moderno ao utilitário da Nissan, enquanto o acabamento preto brilhante na grade e nas molduras das luzes de neblina o fazem parecer mais chique.

Na traseira, as lanternas agora se conectam por uma barra refletiva. O desenho em si não muda muito, mas o conjunto ótico passa a ter iluminação de LED em todas as versões – exceto para as luzes de seta e de ré, que usam lâmpadas halógenas. O para-choques, por sua vez, também foi redesenhado e agora é dividido por uma faixa preta.

Nissan Kicks 2022
Nissan/Divulgação

De resto, o novo Nissan Kicks é quase o mesmo de antes. A marca japonesa quase não mexeu no interior. A principal novidade da linha 2022 é o de som da marca Bose, que adiciona alto-falantes premium, além de um inédito sistema para o motorista, chamado de Personal Sound. Com dois alto-falantes embutidos no apoio de cabeça, o sistema simula um som 360º.

Passando da cabine ao cofre do motor, o Kicks segue exatamente como antes. A Nissan também não fez alterações na mecânica, que mantém o veterano motor 1.6 flex aspirado de quatro cilindros, e o câmbio CVT que simula 7 marchas no modo Sport. Por ser leve, o SUV da marca japonesa oferece uma tocada agradável. Entretanto, fica devendo uma opção mais potente.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Preços atuais estão mantidos

De forma surpreendente, o novo Nissan Nicks estreia sem alterações nos preços. Assim, a montadora vai manter os valores atuais, que começam em R$ 90.390. Apenas a versão topo de linha está mais cara em exatos R$ 1.100. Dessa forma, custa R$ 119.890. (veja a tabela abaixo)

Com a renovação, o Kicks passa a adotar as nomenclaturas globais da Nissan, que já estão presentes na nova geração do Versa. Assim, a opção de entrada S agora se chama Sense, a intermediária SV troca o nome para Advance, e a topo de linha SL passa a ser Exclusive.

Veja abaixo as novas versões e preços do Nissan Kicks 2022:

Sense 1.6 flex Manual — R$ 90.390
Sense 1.6 flex CVT — R$ 98.390
Advance 1.6 flex CVT — R$ 106.390 (R$ 108.390 com bancos de couro)
Exclusive 1.6 CVT — R$ 116.390 (incluí o som da Bose, sem aumento)
Exclusive 1.6 CVT + Pack Tech — R$ 119.890 (concentra as novidades)

Novo Nissan Kicks 2022
Pedro Danthas/Jornal do Carro/Estadão

Primeiras impressões

A Nissan convidou o Jornal do Carro para acelerar o novo Kicks em um circuito fechado no interior de São Paulo. E após algumas voltas na pista, ficou claro que a reestilização veio para trazer um frescor ao SUV. Na prática, o SUV da Nissan continua muito racional. O modelo capricha no conteúdo, mas fica devendo no desempenho. As acelerações e retomadas não empolgam.

Por outro lado, o Kicks é um dos SUVs mais leves da categoria. Por causa disso, é agradável de dirigir no dia a dia, com boa agilidade no trânsito urbano. E agora com um pouco mais de conforto. Isso porque a Nissan instalou um novo pára-brisas acústico que reduz em cerca de 35% os ruídos que vêm do cofre do motor. Um detalhe legal é que as versões antigas podem receber o novo pára-brisas.

A montadora japonesa também fez algumas breves alterações para melhorar o comportamento dinâmico do Kicks. A suspensão traseira tem novos pontos de fixação que aumentam a rigidez. E o SUV tem agora pneus da Bridgestone, que substitui a Continental. Os compostos têm melhor coeficiente de atrito e, assim, maior aderência em pisos molhados.

Em linhas gerais, o Nissan Kicks chega bem atualizado para a disputada da categoria mais acirrada do mercado. Só fica devendo um desempenho melhor. Ao manter os preços anteriores, a japonesa surpreende. E com a aposentadoria do hatch March, a marca vai produzir mais unidades do Kicks, e quer ganhar terreno contra Creta, Renegade e T-Cross.



O post Teste: novo Nissan Kicks muda de cara, mas mantém motor 1.6 flex apareceu primeiro em Jornal do Carro – Estadão.