Em seu primeiro mês cheio, novo Peugeot 208 emplacou apenas 494 unidades. Modelo ocupa somente 59ª posição no ranking de vendas. Deixando na pior colocação entre o lançamentos de 2020

Lançado em 8 de setembro, o novo Peugeot 208 emplacou apenas 412 unidades no nono mês do ano. Agora, com o fechamento de outubro e seu primeiro mês cheio de vendas, o hatch francês fabricado na Argentina emplacou apenas 494 unidades ficando na 59ª posição no ranking de vendas do mês de acordo com números do site Mobiauto. Esses números deixam o novo 208 como o pior estreante entre os lançamentos de 2020.

VEJA TAMBÉM:

É preciso levar em consideração o período atual de pandemia pelo qual estamos passando, cujos efeitos também foram sentidos pelo mercado automotivo. Ainda assim, o resto de estoque da geração antiga emplacou em média 163 unidades nos oito primeiros meses de 2020. Em alguns meses, o pico de vendas do antigo 208 foi de 200 unidades mensais.

Os piores meses do antigo 208 foram abril e maio, quando foram emplacadas 55 e 68 unidades, respectivamente.

Comparando o volume de vendas da antiga geração, nos oito primeiros meses do ano, com as vendas do novo 208, houve um crescimento de 303%. A Peugeot não revelou quantas unidades do novo 208 espera vender por mês, entretanto, apesar do crescimento robusto, ainda está aquém dos investimentos feitos para o seu lançamento.

Mercado argentino

No mercado argentino, menor que o brasileiro, o novo Peugeot 208 está vendendo o dobro em relação às vendas no Brasil. Em setembro, foram comercializadas 1.164 unidades e em outubro 1.162 veículos. Segundo o jornalista argentino Sergio Cutuli, do site Cosas de Auto, os números do hatch francês são bons, já que naquele país as vendas de hatch e sedã são computadas juntas, como são os casos do Onix e Onix Plus e Etios e Etios Sedan.

Preços

A nova geração do Peugeot 208 chegou ao mercado brasileiro em quatro versões, com preços entre R$ 74.990 e R$ 94.990, sempre equipadas com motor 1.6 aspirado e câmbio automático. Além da ausência de um motor mais atraente, os preços do hatch ficaram acima dos praticados pela concorrência. Ainda não se pode afirmar que as vendas discretas do modelo são reflexo apenas disso, mas, com certeza, é um dos fatores que explicam a situação em que o hatch se encontra como pior estreante nos lançamentos do ano.

O post Novo Peugeot 208 faz pior estreia entre os lançamentos de 2020 apareceu primeiro em Autos Segredos.