diavel

A Ducati revelou uma nova série limitada, a Diavel 1260 Lamborghini. O nome não é por acaso, em dobro. As duas empresas fazem parte do Grupo Volkswagen e também estão localizadas no “Motor valley italiano”. Esse é o apelido que a região da Emilia-Romagna recebeu por ser a casa das duas marcas, além de Ferrari e uma série de autódromos.

A Ducati produzirá apenas 630 unidades do modelo inspirado no Lamborghini Siàn FKP 37. A quantidade não é por coincidência. Primeiro é a metade do número que dá nome a Diavel e descreve a capacidade cúbica do motor: 1260. E é dez vezes as 63 unidades que o Siàn terá. Cada moto terá uma plaqueta numerada fixada ao quadro.



DUCATI

Diferenças da série especial

Entre as diferenças da série limitada estão a mesma pintura especial do Lamborghini Siàn FKP 37. As rodas são novas, forjadas e pintadas de dourado. O dourado está também no quadro e na parte inferior da rabeta. As entradas de ar e a moldura do radiador são de fibra de carbono e redesenhadas para remeter ao Siàn.

Outros detalhes que não passam despercebidos são o logotipo da Lamborghini no tanque de combustível. Os logos da Ducati e Lamborghini surgem juntos no painel ligado. O formato de “Y” é integrado como elemento de design da Lamborghini na cobertura do escapamento de fibra de carbono. Para não dizer que “não tem vermelho”, as pinças de freio Brembo mantém a cor da Ducati.

De fibra de carbono também são os para-lamas, uma faixa central no tanque, o spoiler na parte inferior do motor, a cobertura do assento do garupa, a cobertura do painel e a moldura do farol. Nas laterais das entradas de ar há um “63” marcado. O número faz referência ao ano de nascimento da Lamborghini – 1963.

DUCATI

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

DUCATI

Mecânica da Diavel 1260 não tem novidades

Sem novidades no “coração” da Ducati Diavel 1260 Lamborghini. O motor é o dois cilindros em L de 1.262 cm³ que rende 162 cv a 9.500 rpm e 13,2 mkgf a 7.500 rpm. O câmbio é de seis marchas. A eletrônica robusta traz controles de tração, de largada, de velocidade de cruzeiro e anti-wheeling.

Lamborghini Siàn FKP 37

Com design inspirado pelo esportivo dos anos 80, o Countach, o Siàn FKP 37 terá apenas 63 unidades produzidas e usa um trem de força híbrido. O motor V12 6.5 ganhou válvulas de admissão de titânio, o que ajudou a elevar a potência dos 770 cv usuais para 785 cv. Com outros 34 cv do motor elétrico, o Siàn rende um total de 819 cv.

DUCATI

O post Ducati Diavel 1260 ganha série inspirada no Lamborghini Siàn FKP 37 apareceu primeiro em Jornal do Carro – Estadão.