Na década de 1980, a Chevrolet cogitou que o Projeto J, que deu origem ao Monza nas carroceria hatch e sedã, tivesse uma irmã wagon, mas ela não passou da fase do estudo de design

Com status de carro mundial da General Motors, o Chevrolet
Monza chegou ao mercado brasileiro, em 1982, nas carrocerias hatch e sedã. Além
do Brasil, o modelo foi vendido em outros países com diferentes marcas do
grupo, como Opel, Buick, Oldsmobile e Holden. Em alguns desses mercados, além
do hatch e do sedã, o Projeto J também deu origem a um modelo Station Wagon
(perua). Por aqui, a General Motors cogitou o lançamento Monza SW nas
carrocerias de duas e quatro portas.

O estudo foi realizado na década de 1980 e o primeiro modelo construído em Clay foinoa configuração duas-portas, com a mesma grade do modelo 82 e retrovisores dos modelos 1986. Na linha 1985/86, o Monza recebeu nova grade dianteira e retrovisores mais encorpados. As fotos que ilustram esta matéria são de um protótipo em clay com os novos retrovisores, mas mantendo a antiga grade.

Nossos colegas do Museu da Impressa Automotiva (MIAU)
mostraram o modelo em clay da Monza SW na carroceria de duas portas. O Autos Segredos conseguiu imagens do
modelo de quatro portas. Na placa do modelo em clay está a inscrição 198x,
deixando em aberto qual ano da década ele estrearia. Outra identificação é a
letra J, que indicava o projeto, e o S/Wagon, de Station Wagon.

Somente com quatro

Todas peruas que nasceram do Projeto J tinham em comum a
carroceria de quatro portas. Entre os modelos das marcas da General Motors
estão Vauxhall Cavalier Estate, Holden Camira Wagon, Pontiac Sunbird Wagon,
Buick Skyhawk Wagon e Oldsmobile Firenza Wagon. As linhas dianteiras eram
exclusivas de cada marca e a que mais se aproximava do nosso Monza era a perua
da Vauxhall.

No Brasil, caso a Monza SW tivesse vingado, teria carroceria de duas portas, uma predileção dos consumidores da época. E foi justamente um carro pronto no tom verde que nossos amigos do MIAU mostraram.

Para saber da história e da origem do modelo, recorremos
mais uma vez ao engenheiro Gerson Borini, que nos ajudou a contar um pouco da
história da Kadett picape. No caso da Monza SW, ele não trabalhou na General
Motors na época do projeto, mas descobriu um amigo que teve contato com a
perua.

Apesar de ostentar a carroceria de um carro de produção, a
Monza SW duas-portas não passou de um estudo. “Era um carro de design, sem
capacidade de testes ou de circular decentemente”, diz Borini.

Até as fotos feitas perto centro de design da General Motors
em São Caetano do Sul (SP) ajudaram a corroborar a história de que era um carro
com função específica para o estudo das linhas.

Borini também nos ajudou a revelar como “nasceu” a única
Monza SWbrasileiroa. Na década de 1980, entre os anos 1982 e 1983, a General
Motors importou uma unidade dos Estados Unidos. Não se sabe ao certo se foi uma
Buick Skyhawk Wagon ou Oldsmobile Firenza Wagon.

Mas o certo é que ela foi a doadora para que a Monza SW ganhasse suas formas. Borini disse que cortaram a traseira da perua e a emendaram num Monza.

LEIA TAMBÉM:

“Meu amigo ficou com a dianteira e removeu várias peças para
estudo, como caixa de direção, suspensão, trambulador, entre outros
equipamentos”, relata Borini. E assim nasceu a única Monza SW feita pela
General Motors.

De lado, a perua mantinha as linhas do sedã, mas a grande
área envidraçada da coluna “B” para trás chamava a atenção. O vidro tinha uma
divisão para que não ficasse em tamanho exagerado.

Já a tampa do porta-malas era mais verticalizada. O
para-choque também era o mesmo do sedã. Por fim, as lanternas ficavam na
coluna, como nas demais peruas das marcas da General Motors.

Souza Ramos fez

Entretanto, o Grupo Souza Ramos realizou o sonho de alguns
consumidores que queriam a perua do Monza com suas adaptações, mas a traseira
não era igual à das primas americanas, já que as lanternas eram as mesmas do
Monza.

Siga nossas redes sociais

O post Chevrolet Monza SW: a perua que não passou da fase do design porque era um Buick apareceu primeiro em Autos Segredos.