Fernando Siqueira Carvalho
Fernando Siqueira Carvalho

O homem sempre buscou formas de locomover-se e facilitar a forma que nós nos transportamos ou transportamos objetos. Fernando Siqueira Carvalho conta que, a história do carro é bem complexa, mas hoje essa matéria é dedicada a isso, leia:

Ao invés de apenas uma pessoa, temos várias personalidades as quais merecem crédito por suas engenhocas até a invenção do carro em si. Os primórdios se dão em 1678, Fernando Siqueira Carvalho conta que o responsável pelo primeiro ‘veículo’ foi padre Ferdinand Verbiest, que teria desenvolvido um veículo terrestre movido a vapor.

Feito de madeira, era bem primitivo. A engenhoca ficou estagnada por mais de 100 anos, até que finalmente, no século 19 substituíram o vapor por um motor de combustão interna, desenvolvido por Siegfried Markus.

Nikolaus August Ottor então, segundo Fernando Siqueira Carvalho, patenteou  um novo motor de 4 tempos movido por gasolina, álcool ou gás. Karl Benz iniciou um trabalho de metal-mecânica em Mannheim, junto com August Ritter e a partir daí a produção do motor para um possível veículo começou a ganhar mais atenção.

Durante o ano de 1883,Fernando Siqueira Carvalho revela que Karl Benz formou uma nova empresa após diversas dificuldades financeiras, e começou, enfim, a motorizar bicicletas, finalmente, as carruagens ‘sem cavalos’ foram criadas. O veículo foi projetado do zero, não sendo apenas uma adaptação. E Karl Benz entrou para a história ao registrar em Mannheim o documento “Benz Patent Motorwagen”, criando assim, o primeiro veículo considerado um carro de fato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui