O empresário Frederico Gayer Machado de Araujo é apaixonado por cinema, dessa forma, está sempre antenado nas últimas tendências do mercado, bem como a sua gênese, uma vez que a história do cinema é muito importante e por ela, é possível explicar acontecimentos que marcaram o mundo inteiro. Dessa maneira, Frederico Gayer Machado de Araujo desvenda os mistérios por trás da indústria de cinema, entre eles, o famoso chroma key.

O chroma key é um recurso que os produtores de cinema utilizam para implementar efeitos visuais em suas produções. Através deste tecido, parede ou lona os cineastas criam uma espécie de cenário virtual, em que se é possível editar e fazer coisas interessantes. “Em produções empregadas de tecnologia e qualidade nem dá para notar o chroma key, revela Frederico Gayer Machado de Araujo.

O emprego do chroma key se dá pela substituição da cor verde (pode ser azul ou vermelho, mas em geral, se usa verde) por outra imagem. Tanto que há produções que usufruem dessa mesma técnica de substituição e edição, em que figurantes utilizam uma roupa toda verde para representar um animal ou outro personagem.

“É uma inovação tecnológica de ponta, promove grandes feitos no cinema”, afirma Frederico Gayer Machado de Araujo. Além disso, os profissionais de informática que editam esses takes são excelentes profissionais, demandam de alta capacidade técnica, bem como softwares arrojados.

Há diversos filmes que utilizam desta técnica e que fizeram enorme sucesso, Planeta dos Macacos – A Origem, como citado anteriormente, e O Hobbit: Uma Jornada Inesperada. Frederico Gayer Machado de Araujo salienta que a série The Walking Dead, famosa mundialmente, também utilizou destes artifícios, assim como a série icônica, Game of Thrones.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui